Filho de Edson Celulari homenageia cura do pai com tatuagem; veja

By | 10 de maio de 2018

Enzo Celulari chamou à atenção ao ter publicado nas redes sociais a homenagem que ele fez ao seu pai por ter se curado do câncer. O filho de Edson Celulari e Claudia Raia fez uma tatuagem homenageando o pai.

Ao ter acompanhado de perto a batalha do pai, o jovem decidiu comemorar tatuando na sua pele a efeméride. Na fotografia publicada, ele está abraçado à irmã Sophia Raia, com o desenho tendo chamado à atenção dos internautas, que quiseram saber o significado.

Na tatuagem, ele escreveu “World of chances – 12/16. O ator explicou o que aquilo queria dizer para uma usuária : “Mundo de chances – 12 /16 – Mês e ano que meu pai se curou do linfoma”.

Enzo e sua irmã Sophia são filhos do casamento de Edson Celulari com a atriz Claudia Raia. Em junho de 2016, Edson Celulari foi diagnosticado com um linfoma não-hodgkin, tipo de câncer que afeta o sistema de defesa do organismo.

Edson Celulari conviveu com cegos durante três meses e engordou 17kg para filme

Edson Celulari desconstrói o ditado “o pior cego é aquele que não quer ver”, afirmando que “o pior é aquele que acredita que o cego não pode ver”.

O ator passou a ter uma nova visão de mundo depois de ter vestido a pele de um deficiente visual congênito no filme “Teu mundo não cabe nos meus olhos”, que acabou de estrear nos cinemas brasileiros.

“Aprendi muito com este personagem, que me deu trabalho construir. Convivi com pessoas que se sentem seguras e não reclamam da falda de visão, pois construíram o seu mundo com os outros sentidos. Tanto é que um cego de nascença vai dizer que não quer passar a enxergar se você for lhe perguntar. Muitos que fizeram a cirurgia para reverter a visão não conseguiram se adaptar e cometeram suicídio. Não é surpreendente?!”, diz Edson Celulari, de 60 anos.

No filme do diretor Paulo Nascimento, Celulari é Vitório, um pizzaiolo do tradicional bairro paulistano do Bixiga, cego desde que nasceu, que leva uma vida feliz e acomodada ao lado da mulher, Clarice (Soledad Villamil); da filha, Alícia (Giovana Echeverria); e de seu assistente, Cleomar (Leonardo Machado).

Para compor a personagem, Edson Celulari engordou 17 kg comendo “muita pizza”, segundo revelou. “Queria um Vitório gordo e ganhei uma tremenda barriga”.

Assim que as filmagens terminaram, Celulari teve dificuldades em voltar o peso de antigamente. De regresso de uma viagem à Patagônia, descobriu que tinha câncer. Depois de curado, ele reavaliou sua vida, ressaltando a oportunidade de se reinventar.

“Dei uma reavaliada no meu mundo. Simplifiquei a vida, cortei excessos, valorizei só o que vale a pena. Não me tornei um santo, pois saí com defeitos da doença, o que é humano, graças à Deus. Eu amo um pensamento do (poeta argentino) Jorge Luis Borges que diz: ‘saio de casa todos os dias porque sei que vou encontrar o desconhecido. E é por isso que eu saio’”.